sábado, 30 de agosto de 2014

O genérico de Aécio Neves

Por Fernando Castilho

Charge: Pataxó charges e caricaturas - pataxocartoons.blogspot.jp


Todos que já visitaram este blog sabem que a orientação política deste blogueiro é e sempre foi de esquerda.

Isso pressupõe que o que é melhor para o Brasil, tem que ser o que é melhor para o seu povo mais sofrido, justamente aquele que mais precisa do Estado. As elites vivem bem.

O blogueiro apóia Dilma Rousseff por ser a alternativa que mais se aproxima dos ideiais de esquerda, que basicamente são a justiça social com distribuição de renda. 

Seu primeiro governo foi o ideal? Claro que não, mas interrompeu uma série nefasta do PSDB à frente do governo no Brasil. E as conquistas sociais não podem agora sofrer descontinuidade.

sexta-feira, 29 de agosto de 2014

Marinóquio

Por Fernando Castilho

Charge: Pataxó cartoons pataxocartoons.blogspot.jp


Neca.
Ouviram falar? Neca é Maria Alice Setúbal, coordenadora do programa de governo de Marina Silva pelo PSB/Rede.

Neca tem 63 anos e é uma das acionistas majoritárias do Itaú/Unibanco. Aquele mesmo que deve cerca de 18,7 bilhões de reais à Receita Federal por conta da incorporação do Unibanco.

Neca deu uma entrevista pra lá de reveladora ao jornalista Fernando Rodrigues da Folha de São Paulo.

Serve para traçar o novo perfil de Marina Silva, bastante diferente daquele de apenas alguns meses atrás...

quinta-feira, 28 de agosto de 2014

Marina: eu sou a lenda!

Por Fernando Castilho


Marina Silva, à medida que fala, vai construindo sub ou sobreliminarmente sua imagem.

Para muita gente, ela não será inteligível. Ou se poderá supor que a maioria da população brasileira consegue entender sua opinião sobre o caso da Ucrânia: ''A situação na Ucrânia exige uma releitura da história repaginada da Europa a nível de continente globalizado.''?

Lógico que a frase contém um sentido, um significado, mas que não se traduz em nada.

E a maioria das coisas que ela fala, muitas vezes com termos a que o brasileiro comum não está habituado, soam-lhe como música, mas são desprovidos de conteúdo

Mas, assim que se postulou ao protagonismo diante da morte de Eduardo Campos, Marina Silva pôs-se a falar mais e mais.

''Creio que existe uma providência divina em relação a mim, ao Miguel, à Renata e ao Molina''. 

A frase, além de infeliz, expõe sua ideia de que, é protegida de Deus. E mais, Eduardo não era...

sábado, 23 de agosto de 2014

Razões para derrubar o avião de Campos

Por Fernando Castilho


Quando li esta matéria no blog O morador da Ilha de Marlon Sérgio, veio aquele frio na espinha. Nossa! Será verdade?

Afinal essas coisas acontecem em filmes de Hollywood. Aconteceriam na vida real também?

Lógico que sim. Há inúmeros relatos de atentados, armações, armadilhas e toda sorte de delitos cometidos pela CIA desde há muito tempo atrás, e em vários países, todos visando manter o status quo e interesses dos Estados Unidos.

Aqui mesmo, no Brasil, recentemente houve a confirmação do que todo mundo já sabia: John Kennedy em uma gravação afirma que é preciso intervir no Brasil. Era 1964, não foi preciso a intervenção com tropas, mas com manipulações, agentes nos lugares certos, dinheiro para quem fosse preciso comprar, grana do Grupo Time Life para dar uma força para o jornal O Globo montar essa máquina de manipulações que existe hoje, etc..

sexta-feira, 22 de agosto de 2014

Quem vence as eleições?

Por Fernando Castilho

Quando se lê pesquisas para Presidente da República, normalmente se tem uma fotografia da evolução que cada candidato vive na disputa. Porém, ao nos debruçarmos sobre elas detidamente, começamos a enxergar algumas coisas interessantes. É como se a pesquisa começasse a falar conosco.

Vejamos.
Na pesquisa Datafolha de julho, Dilma estava com 36%, Aécio com 20% e Campos com 8%.
Na última pesquisa, realizada com o defunto Eduardo Campos ainda quente, portanto altamente influenciada pela emoção, e já com Marina Silva em seu lugar, Dilma manteve os 36% (!), Marina aparece com 21% (!) e Aécio assume a terceira colocação mantendo seus 20% (!).

Se Dilma e Aécio não perderam votos, de onde saíram os votos de Marina? 
Ora, daqueles que votariam em branco ou que anulariam seu voto. Dos que são contra a política, e dos que são contra tudo que está aí. De muitos daqueles que saíram às ruas em junho de 2013. Daqueles que não são de direita, nem de esquerda, muito pelo contrário, mas que são contra o PT (que é de esquerda...). Bem, mas isto todo mundo já sabe.

Momento Ciência: parasitas

Por Fernando Castilho

Ciência! Sempre gostei de Ciência. 

A Ciência nos mostra como a vida acontece, como ela se desenvolve, como ela atinge seu esplendor, e morre.

A Biologia é um dos ramos mais fascinantes da Ciência. Nela, observamos que a vida, mesmo que seja de pequenos animais, é um microcosmo onde não raramente encontramos paralelo com nossa vida cotidiana.

Desta vez vamos mostrar as incríveis estratégias de sobrevivência de alguns parasitas. 
Parasitas são organismos que vivem em associação com outros dos quais retiram os meios para a sua sobrevivência, normalmente prejudicando o organismo hospedeiro e manipulando-o segundo a sua conveniência, num processo conhecido por parasitismo. 

Para isso, selecionamos 12 deles.
Vamos lá!

terça-feira, 19 de agosto de 2014

Alckmin, eterno...

Por Fernando Castilho

Reproduzo aqui uma síntese bem humorada, em forma de versos, dos problemas enfrentados pelo Estado de São Paulo, tendo à frente Geraldo Alckmin (PSDB)


Por José Luiz Teixeira

MASOQUISMO À PAULISTA

Enquanto a USP desaparece, Alckmin cresce
Enquanto o trem descarrila, Alckmin puxa a fila
Enquanto a água de Cantareira some, Alckmin sobe
Enquanto nas ruas falta segurança, Alckmin avança
Enquanto a PM arrebenta, o voto em Alckmin aumenta
Enquanto a boa saúde é uma quimera, Alckmin lidera
Enquanto a escola se desmonta, Alckmin segue na ponta
Enquanto o Metrô está saturado, Alckmin ganha disparado
Enquanto no trensalão some dinheiro, Alckmin fica em primeiro
Enquanto escrevo tais palavras, Alckmin manda o povo às favas
Enquanto a tarifa de pedágio é revista, Alckmin encabeça a lista
Enquanto faz acordo com o PCC, Alckmin leva o voto de você
Enquanto fica na fila da CDHU, serão 24 anos tomando...caju!

segunda-feira, 18 de agosto de 2014

Sobre sorrisos em velórios

Por Fernando Castilho


Meu pai faleceu em janeiro de 2000, vítima de um câncer que o consumiu ao longo de cinco meses.

Embora tenha sido um período relativamente curto, nós, familiares fomos, ao vê-lo definhando todos os dias, nos acostumando à ideia de sua partida.

Mesmo assim, na semana de sua morte, quando já tomava injeções de morfina contra a dor insuportável, reuni a família e disse que deveríamos nos preparar para os próximos dias.

Lembro-me da revolta de minha mãe e de minha irmã com minha atitude. ''Não crê em Deus?'', ''não sabe que a fé move montanhas?''

A fé não moveu as montanhas e meu pai faleceu dias após.

domingo, 17 de agosto de 2014

Marina, a esfinge

Este texto foi escrito em 18 de abril de 2014, época em que Marina Silva formalizou sua aliança com Eduardo Campos do PSB. Nele foi feita uma leitura e análise do perfil da ex-senadora. 

Após uma releitura, percebe-se todos os elementos presentes agora em sua ''caminhada'' rumo a candidatura como cabeça de chapa do partido. Por isso, o blogueiro decidiu republicá-lo, sem atualizações.




Por Fernando Castilho

Charge: Pataxó - pataxocartoons.blogspot.jp

Tal qual a famosa esfinge que teima em ficar à frente das três grandes pirâmides do Egito, Queops, Quefren e Miquerinos, Maria Osmarina Marina Silva Vaz de Lima é um mistério.

Mas, ao contrário da esfinge, Marina pode ser decifrada, ou quase.

sábado, 16 de agosto de 2014

Marina morena, você se pintou...

Por Fernando Castilho


Pessoal, agora é oficial. Marina Silva praticamente já é a candidata do PSB.

Mas não vamos nos enganar.

Marina Silva já havia dado uma ''perdida'' quando não conseguiu registrar seu partido, a Rede Sustentabilidade, reaparecendo de repente, sem consultar seus seguidores, ao lado de Eduardo Campos. Essa é uma parte do perfil da moça.

Após a morte de Campos, quem, mais que ninguém queria Marina como cabeça de chapa do PSB?
Ficou muito claro nas manchetes e nos comentários dos colunistas, que a preferência da mídia é realmente pela acreana.

A conexão Cláudio

Por Fernando Castilho


O senador Aécio Neves, candidato à presidência do Brasil pelo PSDB governou Minas Gerais por dois mandatos. Uma das suas marcas conhecidas por lá foi o chamado choque de gestão, que deixou a população chocada principalmente com o desvio de 4,3 bilhões de reais da área da saúde, o que lhe vale atualmente um processo no TJMG, além do não cumprimento do piso constitucional do financiamento do sistema público de saúde no período de 2003 a 2008.

O senador mineiro também contratou 98 mil servidores sem concurso, Por unanimidade o STF julgou inconstitucional a contratação, o que causará prejuízo a cerca de dois terços dos contratados que terão que deixar seus postos de trabalho.

Outra marca de Aécio Neves é a mão de ferro com que conduziu os trabalhos da imprensa no Estado. São relatados muitos casos de perseguição a jornalistas que ousaram criticá-lo ou à sua gestão.

quinta-feira, 14 de agosto de 2014

De nossa parte não haverá baixeza

Por Fernando Castilho


Eduardo Campos faleceu tragicamente.

Bem, todo mundo já sabe, todo mundo já falou, nem é preciso ficar descrevendo em que circunstâncias o fato ocorreu.

Este blog não explorará o assunto, nem especulará sobre os desdobramentos do triste acontecimento, durante três dias, o tempo que levará o luto oficial decretado pela Presidenta da República.

Não é justo. Não é humano.

quarta-feira, 13 de agosto de 2014

E agora, Eduardo Campos jogará a toalha?

Por Fernando Castilho


E Eduardo Campos foi entrevistado pelo JN na série de entrevistas de 15 minutos com os presidenciáveis.

Como lembrou Fernando Brito no Tijolaço: ''O tom da entrevista, como foi ontem com Aécio e muito mais será amanhã com Dilma Rousseff, é o de “mostrar quem manda aqui”.
E, claro, quem manda é a Globo.
Nenhuma polidez, sequer.''

E que ninguém diga que a Globo está soft. Não está não, pelo menos não é o que se esperava da emissora ao entrevistar seus prezados candidatos da oposição. Porém, o chumbo mais grosso deve estar reservado para Dilma, a próxima entrevistada.

terça-feira, 12 de agosto de 2014

Por que o JN levou Aécio às cordas?

Por Fernando Castilho


Começou a série de mini entrevistas de 15 minutos com os presidenciáveis no  Jornal Nacional.

Pelo sorteio, o primeiro a ser entrevistado foi Aécio Neves.

Assisti. E depois li muitas impressões de grandes blogueiros sobre o desempenho de William Bonner, Patrícia Poeta e o tucano.

Gente do gabarito de Renato Rovai ou de Fernando Brito, por exemplo, se surpreendeu com as perguntas, que, longe de serem mamão com açúcar, ou de servirem de oportunidade para Aécio fazer comício em rede nacional, colocaram o tucano em maus lençóis.

domingo, 10 de agosto de 2014

Já não cabe mais dinheiro no cofre

Por Fernando Castilho


Lucro do Bradesco sobe 28%, lucro da Vale quadruplica, Itaú/Unibanco tem lucro de 4,9 bilhões...

Embora se saiba que essas entre outras maiores empresas do Brasil sempre lucraram, e muito, é incomum, neste momento em que a política econômica do governo Dilma Rousseff é duramente atacada tanto pela mídia, quanto pela oposição e...pasmem, pelos maiores empresários do país, que elas divulguem tanta lucratividade do primeiro trimestre de 2014.

A não ser por duas (não conheço mais nenhuma) exceções no meio empresarial, Luíza Trajano, dona dos Magazines Luíza e Abílio Diniz, presidente do Conselho de Administração da BRF, que expressam seu apoio à política econômica de Dilma Rousseff, o meio empresarial parece estar insatisfeito e fechado com Aécio Neves.

sábado, 9 de agosto de 2014

E não é que o Papa é pop mesmo?

Por Fernando Castilho


Escrevi este texto logo após a escolha de Jorge Mario Bergoglio, o Francisco I, como o 266° papa da história da Igreja católica, em sucessão a Joseph Aloisius Ratzinger, o Bento XVI. Francisco estava para vir ao Brasil por ocasião da Jornada Mundial da Juventude.

Na época, sem muitas informações sobre Bergoglio, achei que ele deveria adotar a postura que Ratzinger não teve, e que ao meu ver, o chefe humano supremo da maior igreja do mundo deveria ter.

Logo, pelas atitudes e pronunciamentos de Francisco, percebi que havia sido injusto para com o Papa. Afinal, este se posicionou sobre certos assuntos considerados tabu pelos católicos, contrariando a ala, digamos, à direita da Igreja. Não fugiu de temas como relações homoafetivas, justiça social, proteção do meio ambiente, culto às riquezas na sociedade, Banco do Vaticano, desperdício de comida e fome no mundo, Teologia da Libertação, etc..

Por tudo isso, achei que cometera uma injustiça no meu texto. A guinada seria de 180°!

E gosto do Papa Francisco.

quinta-feira, 7 de agosto de 2014

Cristãos se convertendo ao judaísmo?

Por Fernando Castilho

Charge: Pataxó charges e caricaturas - pataxocartoons.blogspot.jp


Assunto espinhoso de se tratar, afinal segundo dizem, política, futebol e religião não se discutem. Se discutem sim, mas não é exatamente a religião que o blogueiro se dispõe a discutir, mas sim alguns relacionamentos dela com a política.

Enquanto escrevo este texto, não tenho o número exato de palestinos mortos pelos ataques do exército israelense à faixa de Gaza. Ninguém tem. Estima-se, porém, que já chegue a cerca de 2000 pessoas, das quais 400 crianças...

segunda-feira, 4 de agosto de 2014

O bêbado e a equilibrista

Ideia e charge: Pataxó - pataxó charges e caricaturas (http://pataxocartoons.blogspot.jp)
Texto: Paulo Cavalcanti - blog do paulinho (http://blogdopaulinho.blogspot.com
e Fernando Castilho



Era um circo. Igual a muitos outros que um grupo de europeus espalhou pelo mundo há alguns séculos atrás.

sábado, 2 de agosto de 2014

Serra vem aí?

Por Fernando Castilho


Há algumas semanas atrás, a Folha de São Paulo publicou uma reportagem em que denunciava que o presidenciável Aécio Neves (PSDB-MG) havia construído uma pista de aeroporto de cerca de 1000 m de extensão na fazenda de seu tio-avô, no município de Cláudio, Minas Gerais. A pista custou 13,9 milhões de reais, muito além do razoável. E não é de uso público, mas privado, pois seu tio-avô mantém consigo a chave do portão.

A notícia estourou como uma bomba.
A maioria dos blogs progressistas passou a especular que a Folha havia publicado uma denúncia leve só para que se mostrasse como imparcial na disputa eleitoral.

Mais, passaram a publicar que viria em seguida chumbo grosso contra a presidenta. A mídia só estaria preparando terreno para isso.