terça-feira, 30 de setembro de 2014

Justo Veríssimo é contra o bolsa família

Por Fernando Castilho



Deputado Justo Veríssimo
''Os dados que o Datafolha divulgou na noite desta sexta-feira (26) exibem algo muito parecido com o que os amantes do futebol chamam de virada. No caso da sucessão, uma virada do medo contra o desejo de mudar. A melhor explicação para o fenômeno vem do Nordeste. Ali, informa a pesquisa, Marina Silva despencou nove pontos percentuais. E Dilma Rousseff subiu seis. Num cenário de segundo turno, a dianteira de Dilma entre os nordestinos pulou de 13 para 26 pontos: 59% a 33%. São evidências de que a eficácia do terrorismo eleitoral cresce na proporção direta da dependência em relação a programas como o Bolsa Família. '' (o negrito é do blogueiro)

O parágrafo é parte integrante de um comentário do colunista Josias de Souza no UOL/Folha

De um marinista no facebook: ''Estão vendo? O bolsa família é voto de cabresto usado pelo PT no Nordeste''.

Não são manifestações isoladas. São muitas. (continue a ler...)

domingo, 28 de setembro de 2014

Veja, uma metralhadora de balas de prata

Por Fernando Castilho

Veja caluniando e difamando
Abria um texto em 7 de setembro, A bala de prata da Veja passou raspando? desta forma: 

''É sempre assim.

Em todas as retas finais de eleição, quando o PT está à frente, a mídia dá um jeito de colocar camisas do partido em sequestradores, como nas eleições de 1989, ou editar o vídeo de um debate entre Collor e Lula no mesmo ano, ou ainda, transformar uma bolinha de papel atirada em Serra num atentado, em 2010. 

Em 2013, desta vez, após as eleições de 2012, a capa da revista chamava Lula de bandido, colocando a Interpol em seu encalço. 
Agora não foi diferente. Sempre há um golpe preparado por ela, bandida e escroque por natureza. ''

Pois bem, Veja, o panfleto do PSDB, acaba de lançar mais uma bala de prata na sua edição de final de semana. 

sábado, 27 de setembro de 2014

Você compraria carro de Serra ou Suplicy?

Por Fernando Castilho


''Serra cresce e derrotaria Suplicy na disputa ao Senado, diz Datafolha'', é a chamada da matéria da Folha de São Paulo

Serra e Suplicy
Serra está com 37% (subiu 3%) e Suplicy está com 30% (caiu 1%).

Quando se pergunta a alguém que não vota no PT (os que se convencionaram a se chamar de ''coxinhas''), qual o motivo, a resposta é imediata:
''Porque estou cansado da corrupção!''

Primeiramente, corrupção é algo que se pratica com duas mãos de direção. Há o corruptor e o corrompido. Os dois são corruptos.

Não foi o PT que inventou a corrupção. Esta sempre existiu. Igualzinha à mentira.

sexta-feira, 26 de setembro de 2014

A autodesqualificação de Marina

Por Fernando Castilho


Pancadômetro do Bom dia Brasil

O blogueiro assistiu aos vídeos das entrevistas dos candidatos a presidente do Brasil nas próximas eleições, Dilma Rousseff e Aécio Neves ao Bom dia Brasil da Rede Globo.

Assistiu também a conversa amena dos jornalistas do programa com Marina Silva.
Após isso, foi inevitável se inventar o pancadômetro, um método estatístico científico destinado a medir, numa escala de 0 a 10, as pancadas que os jornalistas Míriam Leitão, Ana Paula Araújo e Chico Pinheiro deram nos candidatos entrevistados.

Mas é sério que o blogueiro assistiu Marina com olhos de quem gostaria de ouvir propostas diferentes, inovadoras, já que ela diz representar a nova política, afinal, não é afeito a desqualificação pura e simples de quem quer que seja.

quinta-feira, 25 de setembro de 2014

Os paulistas querem Maluf. Palmas para eles!

Por Fernando Castilho

Charges Pataxó pataxocartoons.blogspot.jp

O trio de ouro dos paulistas
Para deputado, vote Maluf, Feliciano, Tiririca...
Para senador, Serra é a melhor opção.
Para governador, vote no mais preparado, Alckmin.
Para presidente, Marina 40.

Por que São Paulo destoa tanto dos outros estados?
Maluf é ficha suja. Não pode se eleger, mas continuará na disputa. Embora o TSE não se importe se ele gastar dinheiro do Fundo Partidário, o paulista tem sim que se importar, pois esse dinheiro vem dos impostos que ele paga.

José Serra foi eleito prefeito da cidade de São Paulo em 2004 prometendo cumprir seu mandato até o fim. Descumpriu a promessa, saindo candidato a governador em 2006, cumprindo apenas dois anos de mandato, onde praticamente só cumpriu tabela. Possui 8 processos nas costas, sendo um dos nomes do esquema de cartéis do metrô que surrupiou do estado cerca de um bilhão de reais, desde o governo Covas.

quarta-feira, 24 de setembro de 2014

O que diria Maquiavel sobre a nova política?

Por Fernando Castilho


Nicolau Maquiavel de terno
Marina Silva.
Vereadora, deputada, senadora, ministra da ''velha política''.

Deixa o Ministério do Meio-Ambiente. Deixa o PT, ingressa no PV e disputa a presidência da República em 2010, dentro da ''velha política''.

Deixa o PV, tenta fundar seu partido, a Rede Sustentabilidade, como forma de contraponto à maneira de fazer a política tradicional.

Deixa a Rede, ingressa no PSB, partido que pratica a ''velha política'', para disputar a vice-presidência.

Com a morte de Eduardo Campos, parte para disputa ao cargo majoritário, não sem antes fazer várias exigências ao partido, tudo em nome da ''nova política'' que pretende implantar.

terça-feira, 23 de setembro de 2014

Na falta de um escândalo, que se invente algum!

Por Fernando Castilho


Interrogatório Bom dia Brasil
Algumas coisas que todo mundo já sabe, alguns lugares comuns, mas não há como o blogueiro não ficar indignado com a reação (e este é mesmo o termo) da mídia brasileira, uma vez que a presidenta Dilma Rousseff, candidata à reeleição, vem obtendo desempenho melhor nas pesquisas.

Dilma já havia passado por uma tentativa de massacre na entrevista do Jornal Nacional, onde não faltou dedo em riste da entrevistadora.

Agora, Dilma é interrogada pelo Bom dia Brasil, com direito a uma Míriam Leitão espumando de raiva, contestando tudo que a presidenta disse, não a deixando responder do jeito que ela queria, etc..

Esse pessoal entrou no Palácio da Alvorada, como uma horda de bárbaros, querendo tomar conta de tudo, porque acha realmente que faz parte de um poder maior que o de presidente do Brasil.

segunda-feira, 22 de setembro de 2014

Sejamos sérios com a energia, Dona Marina!

Por Fernando Castilho



Promessa de Marina (se não houver recuo)
Inicialmente o blogueiro iria escrever este texto sozinho. Para tanto, já há um mês vem pesquisando sobre o assunto, munindo-se de informações importantes.

Porém foi surpreendido pelo texto de Rogério Maestri, publicado no GGN, que considerou muito bom a respeito do tema.

O blogueiro resolveu, então, escrever sua análise e juntar no blog a opinião de Maestri, de forma a reunir um maior número de informações e oferecer uma compreensão mais completa sobre o assunto.

Quisera ter no meu telhado uma hélice que, só com a força do vento, pudesse manter minha geladeira ligada, aquecer meu chuveiro, dar vida a meu computador, acender as luzes de minha casa. Mas a vida é mais dura que isso...

domingo, 21 de setembro de 2014

Porque o programa de Marina não se sustenta

Por Fernando Castilho


Li o Programa de Governo de Marina Silva.

Buscando um sinal da Providência
Logicamente não vou me estender em detalhes sobre tudo que lá está escrito. Para quem se dispuser a fazer uma leitura detalhada, vai aqui o link: http://marinasilva.org.br/programa/

Trata-se de uma tarefa cansativa, uma vez que se repetem muitas vezes frases inteiras de conteúdo abstrato e de significado inacessível aos comuns dos mortais. E talvez seja essa mesma a intenção, o que explicaria o por quê de muitos marinistas não terem ainda se dado ao trabalho.

Além de tudo o que já foi escrito sobre o plano, (independência do Banco Central, políticas LGBT, etc.) o blogueiro pinçou algumas coisas interessantes. .Em outro texto, pinçará outras

sábado, 20 de setembro de 2014

Analisando pesquisas

Por Fernando Castilho

Charge por Pataxó pataxocartoons.blogspot.jp


Pataxó
Analisando a evolução dos candidatos pelo Vox Populi, não se percebe alteração alguma do quadro. Marina perdeu 1%, mas está dentro da margem de erro.

No caso do Ibope, não há dúvida de que a subida de Aécio Neves de 15% para 19% foi totalmente artificial. Dilma perdeu 3%, mas é improvável que 3% do eleitorado da presidenta tenham migrado para o tucano. Marina perdeu 1%. Aí sim, embora esteja dentro da margem de erro, dá para acreditar, visto que os programas de governo são parecidos. Às vezes, para algumas pessoas, é melhor votar na matriz do que ficar com a filial, que além de tudo, é inconstante...

O Datafolha, no caso de Aécio, fez uma média entre o Vox Populi e o Ibope: deu-lhe 17%.
Nada, mas nada mesmo, explica o crescimento do tucano, uma vez que ele só se enrolou nos debates, não apresenta programa de governo, e só aparece para criticar com dados errados ou mentiras, o governo federal. Dilma subiu 1%, mas pode estar dentro da margem de erro. Significativa foi a queda de Marina em 3%, votos que podem ter migrado para Aécio.

Outra coisa: Marina, como o senso comum deve indicar, deveria ter caído muito mais. Pelo número de recuos em seu plano de governo, pelo número de bobagens incompreensíveis que tem dito, e pelo sem número de contradições, na opinião do blogueiro, já deveria estar em empate técnico com o tucano. 

Se as pesquisas são confiáveis, aí já é outra história. O fato é que, sempre que acontecem eleições, os candidatos que não são da preferência da grande mídia, que contrata os institutos, à medida que o pleito se aproxima, surpreendem e chegam em condições de vencer, se não no primeiro turno, no segundo.

O último tracking PT, de 19 de setembro, dá Dilma 38, Marina 23, Aécio 17.
Embora também não se possa atestar a veracidade destes índices, sua metodologia ou imparcialidade, os números são por demais diferentes, exceção à Aécio.

E se a tese de que os institutos só se aproximam da verdade apenas a alguns dias das eleições, pode ser que este tracking seja mais confiável mesmo.
A ver.






Veja, a campeã em corrupção!

Por Fernando Castilho

Charge por Pataxó pataxocartoons.blogspot.jp


Pataxó
A revista Veja, linha auxiliar do PSDB, da famiglia Civita, há anos tem se esmerado em mentir aos seus leitores, não poupando para isso, vários artifícios e artimanhas.

Sempre contra o PT, o panfleto dos tucanos, costuma todas as semanas, brindar a direita mais reacionária do país, com capas contendo manchetes em letras garrafais impressas sobre ilustrações de sensacionalistas, de muito mau gosto.

Se há um escândalo contra o PSDB, não mostra.

Mas se há uma ponta de dúvida sobre uma possível denúncia de desvio de conduta da cunhada da amiga do jardineiro do Palácio do Planalto, lá está a capa.

Diogo Mainardi foi pago como pistoleiro, para todos os domingos tentar matar um pouquinho Lula. Lula, republicana e eticamente, respeitando a liberdade tresloucada de expressão, nunca reagiu.

quarta-feira, 17 de setembro de 2014

Qual o fato novo? Nenhum!

Por Fernando Castilho


Duas pesquisas acabam de sair com espaço de um dia entre elas.

Pelo Vox Populi de 16 de setembro, Dilma aparece com 36%, Marina com 27% e Aécio com 15%.

Já pelo Ibope de hoje, 17, Dilma tem 36% (igual ao Vox Populi), Marina, 30% e Aécio, inacreditáveis 19%!

Pelo Datafolha de 10 de setembro, uma semana atrás, Dilma também tem 36%, Marina aparece com 33% e Aécio tem os mesmos 15% do Vox Populi.

Pelo número de contradições, bobagens e erratas de seu programa de governo, era mesmo de se esperar que a ex-senadora caísse nas pesquisas. Mas não há motivo nenhum para acreditar que o tucano pudesse subir. Não há fato novo.

terça-feira, 16 de setembro de 2014

Por que o voto em Dilma?

Fernando Castilho


Em maio último, a Folha de São Paulo publicou uma enquete intitulada: Qual seu perfil ideológico?

Em que pese que há somente 10 questões a serem respondidas, e que não conseguem definir com acuidade se a pessoa é de esquerda ou de direita, simplista demais, acaba sendo interessante pois posiciona definitivamente o jornal no espectro ideológico do país.
O blogueiro, na época, até publicou um texto sobre o assunto.

Hoje em dia, parte dos brasileiros que dizem que as diferenças entre direita e esquerda não mais existem neste ano de 2014, definem seu voto por Aécio Neves, do PSDB. Fica claro que o perfil ideológico destas pessoas é mesmo de direita, pois o candidato se preocupa mais em falar para as elites do que para o povo, não hesitando em, se eleito, adotar medidas impopulares para tentar agradar empresários e banqueiros.

segunda-feira, 15 de setembro de 2014

O Programa de Marina é um trabalho escolar?

Por Fernando Castilho

Charge por Pataxó pataxocartoons.blogspot.jp


Pataxó charges e caricaturas
A Rede Sustentabilidade, o partido que Marina Silva estava criando para chamá-lo de seu, durante meses promoveu reuniões e encontros com a nata dos sonháticos.

As discussões sobre como governar com sustentabilidade, com uma nova forma de fazer política, com uma visão mais humanista de governo, muitas vezes enveredavam noite adentro. E acho que isso deve ter sido muito legal.

Mas um belo dia, quando viu que não conseguiria registrar seu partido a tempo, pois os sonháticos estavam ocupados, não em ir às ruas coletar assinaturas para a fundação do partido, mas em sonhar, Marina Silva ''deu uma saidinha para fumar'' (brincadeira, nem sei se ela fuma) e não mais voltou.

De repente apareceu nos braços de Eduardo campos do PSB, mandando ao pessoal da Rede, uma banana. Mas eles não interpretaram esse gesto e continuaram no seu rabo de saia.

sábado, 13 de setembro de 2014

O povo sem voz

Por Fernando Castilho


O Bolsa-família foi criado em janeiro de 2004 pelo presidente Lula.

De lá para cá, cerca de 30 milhões de pessoas saíram da linha de miséria ou pobreza, passando a compor uma nova classe social, agora capaz de consumir e dar sua contribuição ao crescimento econômico do país.

Calcula-se que ainda há cerca de 13 milhões de pessoas vivendo em condições de miséria no país. Muito ainda terá que ser feito.

Passaram-se 10 anos. Estamos na 3ª eleição presidencial após o lançamento do programa.

Porém, o que observamos?
Com exceção de Lula, e depois, de Dilma Rousseff, os partidos de oposição ainda não perceberam a força desse contingente.

terça-feira, 9 de setembro de 2014

5 perguntas sobre a delação premiada

Por Fernando Castilho

Charge por Pataxó - pataxocartoons.blogspot.jp

Como todos sabem, o panfleto do PSDB, a Veja publicou o nome de vários políticos elencados pelo ex-diretor da Petrobrás, Paulo Roberto Costa.

Preso desde março deste ano, o homem aceitou citar nomes envolvidos na investigação de corrupção a qual seria fatalmente condenado a cerca de 30 anos de reclusão.

Pergunta-se:
1. Se Costa está preso, como a revista teve acesso a ele?

2. Se o depoimento teria sido feito em segredo de justiça, como ele pode falar à revista?

3. Se Veja não conversou com Costa, mas teve acesso ao depoimento, quem o passou, uma vez que se encontra criptografado e guardado em cofre?

4. Por que o Ministério da Justiça ao requerer à Polícia Federal acesso aos depoimentos não o conseguiu, mas a revista, sim?

5. Essa revista tem mais poder que um Ministério?

segunda-feira, 8 de setembro de 2014

Roseana Sarney, um ponto fora da curva?

Por Fernando Castilho


A revista Veja, panfleto semanal do PSDB, publicou matéria em que o ex-diretor da Petrobrás, Paulo Roberto Costa, denunciou em delação premiada, uma lista com vários políticos da base aliada do governo Dilma Rousseff, como participantes de um amplo esquema de corrupção.

Folha de São Paulo

Talvez o nome mais emblemático da lista seja o da governadora do Maranhão, Roseana Sarney.

E isso chamou a atenção do blogueiro...

domingo, 7 de setembro de 2014

A bala de prata da Veja passou raspando?

Por Fernando Castilho


É sempre assim.

Em todas as retas finais de eleição, quando o PT está à frente, a mídia dá um jeito de colocar camisas do partido em sequestradores, como nas eleições de 1989, ou editar o vídeo de um debate entre Collor e Lula no mesmo ano, ou ainda, transformar uma bolinha de papel atirada em Serra num atentado, em 2010. Agora não foi diferente. Sempre há um golpe preparado por ela, bandida e escroque por natureza.

A revista Veja, panfleto semanal do PSDB, não se fez de tímida na reta final destas eleições. Publicou uma matéria em que o ex-diretor da Petrobrás, demitido em 2012 pela presidente da companhia, Graça Foster, Paulo Roberto Costa, preso há seis meses, denunciou em delação premiada, vários políticos da base aliada do governo Dilma Rousseff, como participantes de um amplo esquema de corrupção.

O panfleto em que mais da metade das páginas é de publicidade e o resto é de ódio e mentiras, não apresenta uma prova, uma fonte e nenhum depoimento sequer.

sexta-feira, 5 de setembro de 2014

Que corrupção Marina cometeu?

Por Fernando Castilho

Charge: Pataxó cartoons pataxocartoons.blogspot.jp


Passaram-se somente quatro anos desde a campanha eleitoral de 2010, quando Marina Silva, pelo Partido Verde, disputou as eleições presidenciais.

Passaram-se somente alguns meses desde que Marina em reuniões com apoiadores da Rede Sustentabilidade, os sonháticos, mantinha um discurso inebriante, utópico, limpo, ético, onde a palavra-chave era, como o próprio nome do ''partido'', sustentabilidade. Uma linda palavra, que parecia que iria resolver todos os problemas do país.

A grande maioria dos sonháticos integrava as fileiras da esquerda. Não uma esquerda progressista no sentido do desenvolvimento puro e simples, mas com responsabilidade e defesa do meio-ambiente, a praia da ex-senadora.

Uma parte já foi petista, como Marina. Outra parte, apartidária. Mas todos anti-PT.

Com a morte trágica (e ainda não esclarecida...) de Eduardo Campos, Marina mudou.
Divulgou um plano de governo, segundo Márcio Pochmann, em entrevista ao Blog da Cidadania, mais liberal que o do PSDB.

quarta-feira, 3 de setembro de 2014

Aécio ainda é o plano A da mídia?

Por Fernando Castilho


A mídia desistiu de Aécio. Dá pra acreditar?

Aécio Neves ontem teve que se reunir com aliados e convencê-los de que não vai renunciar à campanha.

O boato surgiu devido à queda do candidato nas pesquisas. Daí passou-se a cogitar em um apoio do PSDB à Marina Silva já no 1° turno, enquanto que o tucano assumiria a disputa ao governo de Minas Gerais.

O plano teria lógica, pois Minas é um dos três estados onde os tucanos teriam um pé fincado. Mas lá quem lidera as pesquisas é Fernando Pimentel do PT, já que o tucano Pimenta da Veiga não decola. Se os tucanos perderem Minas, ou até outro estado, virarão partido quase nanico.

segunda-feira, 1 de setembro de 2014

O que Marina Silva vê no espelho?

Texto por Fernando Castilho

Charge por Pataxó charges e caricaturas pataxocartoons.blogspot.jp

Poema por  Ana Helena Tavares (livre adaptação de Quem te viu, quem te vê, de Chico Buarque de Holanda)

Para Marina Silva, com carinho:

Você era a mais vibrante das alunas da escola
Você sorria radiante, você lutava até por bola
Hoje você se esvazia, mas a luta continua
O povo ainda rala, ainda clama, ainda sua

Hoje a passeata chora pela falta de você

Quem não te viu chorar
Não consegue mais te ver sorrir
Quem te viu lutar
Não aceita o seu fugir